Flores

Nome (s) do (s) Diretor (es): Vado Vergara e Henrique Bruch

Estado: Rio Grande do Sul

Gênero: Ficção

Faculdade: PUCRS – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

Sinopse: Em meio aos encontros e desencontros cotidianos, a construção de grandes empreendimentos imobiliários modifica a arquitetura da cidade. Enquanto isso, o tempo entalha suas marcas.


Ficha Técnica:

Roteiro e Direção: Vado Vergara e Henrique Bruch

Elenco: Rodolfo Ruscheinsky Ander Belotto Veruska de Mattos

Produção Executiva: Presi de Moraes

Direção de Produção: Presi de Moraes

Ass de Produção: Dudu Valle

Ass de Direção: Luiza Athaide

Foto: Gregori Berto e Tulia Radaelli

Montagem: Vado Vergara e Renata Medeiros

Arte: Thiago Gerloff

Ass de Arte: Laura Pacheco

Cor: Lenon Verones

Finalização: Lenon Veronese e José Maia

Som: Cleverton Borges

Mixagem: Caio Amon e Marcelo Armani

Desenho de Som: Vado Vergara

Produção de Elenco: Presi de moraes

Produtor de Pós-Produção: Vado Vergara

Preparadora de Elenco: Amanda Gatti

Figurinista: Mariane Collovini

Make Up Artist: Johnny Left

Arte do Cartaz: Gabriel Pessoto

Tipografia: James Zortéa

Material Gráfico: Fábio Alt

Ano de Produção: 2017

Duração do Filme: 17’25’’

Minibio do diretor (es):

Vado Vergara

Vado Vergara é formado em Produção Audiovisual pela PUC-RS – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. “Flores” é o projeto de graduação de Vado Vergara e primeiro filme como diretor, roteirista, montador e sound designer. Na época de produção do filme, Vado Vergara, estudava as formas híbridas no cinema, ficção e documentário, e as diferentes possibilidades da imagem ao explorar a relação do cinema e pintura. O filme foi nomeado a “Melhor Fotografia” no Festival de Watersprite, Cambridge UK, e recebeu Menção Especial do Júri, no Brighton Rocks, ambos festivais no Reino Unido. O filme já circulou por festivais como “7o Festival Primavera do Cine en Vigo (Espanha)”, “13o Festival de Cinema Latino-Americano de São Paulo (Brasil)”, “18th Seoul International Newmedia Festival (Coréia do Sul), “23o MFNF – Split Film Festival / Festival of New Film (Croácia) e outros eventos cinematográficos nas mais variadas regiões. Em 2017, Vado Vergara foi selecionado para os workshops “O Ciclo de Fontainhas”, com o diretor Português Pedro Costa, e “A Montagem no Cinema de Pedro Costa”, com a sua editora Patricia Saramago. Atualmente, Vado Vergara aprofunda a sua pesquisa iniciada para o filme “Flores” em seu próximo projeto: “Front.”

Henrique Bruch

Formado em produção audiovisual pela PUCRS em 2016, Henrique Bruch busca em seu trabalho expressar suas próprias dores e questionamentos na tela. Trazendo o seu cotidiano como centro e ponto de partida para as suas criações audiovisuais. Resultando em trabalhos extremamente intimistas e pessoais.

Mostra: Festuni