MOSTRA COMPETITIVA DE CURTAS

Dirigido por Adriana de Faria
Classificação indicativa: Livre
Ano de Conclusão: 2019

12 minutos
Documentário
PA

Legendagem, audiodescrição e Libras

Adriana de Faria
Diretor

Contato com os Realizadores

adrianamoreiradefaria@gmail.com

Ari y yo

Adriana é uma brasileira aspirante a cineasta que viaja a Cuba para estudar documentário na Escuela Internacional de Cine y TV. Sem falar espanhol, Adriana encontra Arislay, uma esperta e corajosa garota de nove anos, que vive no pequeno Pueblo Textil, um povoado abandonado pelo tempo. É ali – no campo, em uma caverna, ao lado de bichos e das amigas – que Ari ensina as novas palavras à estudante, que faz um filme enquanto aprende.

Sobre o Diretor

Adriana de Faria, paraense formada em comunicação social, é escritora, roteirista e diretora estreante. Enquanto roteirista, escreveu séries documentais para o Canal Futura e a TV Cultura do Pará, contempladas pelo Prodav 1 e Núcleos Criativos. Também escreveu o longa-metragem de animação Yórum (Prodav 3/2015) e o curta-metragem de ficção Canção do amor perfeito (2018). Em 2019, realizou seu primeiro curta documental autoral, Ari y yo, como diretora de fotografia, roteirista e diretora.

Elenco Principal

Arislay Hernández González

Ficha Técnica

Produção executiva, roteiro, direção de fotografia e operação de câmera: Adriana de Faria; Direção de produção: Ariadna Acosta; Operação de som: Arislay Hernández González; Trilha sonora: Pratagy; Mixagem: Inputsom Arte Sonora/Rafael Benvenuti/Stanley Gilman; Montagem e colorização: Ariadna Liz Pimentel; Edição de som: Inputsom Arte Sonora/Danilo Chen; Supervisão de som: Inputsom Arte Sonora/Rafael Benvenuti; Legendagem oficial: Mathilde Boisselier; Técnicos de finalização: Lucas Domires e Tamires Nobre; Design gráfico: Adriana de Faria e Alexandre Nogueira


+ MOSTRA COMPETITIVA DE CURTAS